Cartões pré-pagos ajudam você a economizar na viagem

Gustavo Paes, 20/05/2012

Na época em que o Brasil subiu a taxa de IOF (imposto sobre operações financeiras) do cartão de crédito para acima de 6% para compras em moeda estrangeiras no cartão de crédito, muito se falou dos cartões pré-pagos de moeda estrangeira, principalmente de dólar e euro.

Viajei para o exterior no mês de Abril e pude testar um desses cartões pré-pagos: Global Travel, da American Express.

Imagem de um cartão pré-pago Global Travel”)

A escolha por esse cartão foi simples. Era o único que permitia que eu fizesse recarga sem precisar sair de casa. Por possuir convênio com o Banco Itaú, onde tenho conta, posso colocar e retirar créditos nele através do Netbanking do banco, sem burocracias. As taxas, impostos e conversões de moedas são discriminadas antes da efetivação da compra / venda, tudo muito simples.

Para obter as melhores cotações de dólares, ficava acompanhando suas variações e aproveitava as quedas para comprar pequenos valores, algo em torno de 150, 200 dólares por vez. Dessa forma consegui uma média de R$ 1,85 para cada dólar comprado. E foi a melhor coisa que fiz.

Quando voltei para o Brasil, e vi que a cotação do dólar estava quase no R$ 1,95 agradeci por ter usado o cartão pré-pago. Além de impor um limite de gastos e evitar gastar mais do que tem — o que é muito fácil de acortecer, o cartão pré-pago te protege dos altos e baixo (atualmente mais altos do que baixos) da cotação do dólar, além de fugir do absurdo IOF dos cartões de crédito.

Acreditem, não há nada mais legal do que voltar de viagem e já ter tudo pago.

Comprando no exterior

Quando você recebe o cartão, recebe junto um “manual de uso”. Nesse próprio manual a American Express diz que o cartão não é nem de crédito, nem de débito, embora seja os dois (sim, é isso mesmo). O cartão não vem com seu nome, apenas com a tarja atrás para você assinar. Sugere que você solicite o pagamento via crédito, mas se não funcionar — o que não aconteceu nenhuma vez, sugere que tente débito.

Os vendedores ficavam intrigados e curiosos. Aparentemente nunca tinham visto um cartão daquele tipo. Sabe como é, essas coisas de terceiro mundo…

Houve alguns poucos lugares onde cartão de crédito da American Express não eram aceitos, apenas Visa e Mastercard. Vale então andar com alguns dólares ou possuir mais algum cartão de uma dessas bandeiras no bolso, para essas situações.

Compra pela internet usando cartão pré-pago

Além da facilidade em comprar e vender dólares diretamente pelo Netbanking, o cartão da American Express também permite a compra de produtos via internet em lojas registradas fora do Brasil. Não é fantástico? Você pode comprar na Amazon.com, na Steam, da Valve, ou na Origin, loja virtual da EA.

Diversas compras que fiz foi direto da Amazon, aqui do Brasil. Dessa forma, consegui aproveitar mais o tempo passeando, do que comprando coisas que dá pra fazer tranquilamente pela internet, como celular, e outros eletrônicos.

Cotação do dólar

O valor do dólar usado na compra e venda é o do turismo que, em média, chega a ser uns 10 centavos mais caro, mas a segurança de não ter que pagar mais caro o cartão de crédito caso o dólar dispare compensa. Na minha volta eu teria um prejuízo de 10 centavos para cada real gasto. Daria uma boa dor de cabeça.

Outros cartões